Buscar
  • Denizard Dennis

RH 4.0: Moldando Estratégias de Pessoas na Quarta Revolução Industrial.



Este artigo examina o papel do RH como um fator-chave na definição de como o trabalho e a força de trabalho evoluem e como as empresas continuarão a produzir valor.


A Quarta Revolução Industrial (4IR) está quebrando as barreiras entre pessoas e tecnologia, fundindo os mundos físico, digital e biológico. O impacto dessas mudanças na forma como as pessoas trabalham e as empresas produzem valor e abrangem todos os setores, economias, sociedades e redefinirá o futuro do trabalho. Empresas e governos precisarão se adaptar a essas mudanças e apoiar a transição da força de trabalho ao mesmo tempo. Se bem administrado, o futuro do trabalho pode ser aquele em que muito mais pessoas serão capazes de realizar todo o seu potencial.


O RH 4.0, uma estrutura para moldar as estratégias de pessoas no 4IR, é uma resposta inicial a esse desafio. Neste artigo, examinamos a mudança do papel das empresas na formação de estratégias de pessoas e o papel da função de recursos humanos (RH) como um fator-chave na definição de como o trabalho é vivenciado, como é feito e como a força de trabalho evolui.


À medida que as empresas buscam estratégias mais holísticas para se preparar para o futuro do trabalho, os CEOs estão se voltando cada vez mais para a função de recursos humanos para evoluir rapidamente e se adaptar às demandas em constante mudança. Os profissionais de RH estão na linha de frente para ajudar suas organizações e líderes a impulsionar a absorção de tecnologia, promover a inovação, permitir novos modelos de trabalho e, finalmente, atrair, reter e desenvolver a força de trabalho do futuro.


Este artigo visa apoiar os líderes empresariais na definição de novas estratégias de pessoas na Quarta Revolução Industrial e destaca o papel da função de recursos humanos (RH) e seus profissionais na entrega de ações contra essas estratégias.


Ao gerenciar as implicações de pessoas do 4IR para suas organizações, os líderes de RH desempenham um papel fundamental para garantir que as empresas sejam capazes de adotar e implantar novas tecnologias com sucesso - apoiando os funcionários por meio da adaptação e transição à medida que seus papéis, tarefas e habilidades mudam e geram novas expectativas para trabalhadores e a sociedade para construir locais de trabalho atraentes e inclusivos.


Vamos apresentar seis principais imperativos que os líderes de negócios, em parceria com seus colegas de recursos humanos, precisarão implementar.


01 - Desenvolvendo Novas Capacidades de Liderança para o 4IR

À medida que as organizações operam modelos de negócios mais distribuídos, os líderes precisarão adotar as tecnologias certas, conduzir uma nova visão da cultura organizacional e moldar estratégias inovadoras de pessoas para o futuro do trabalho.


02 - Gerenciando a integração da tecnologia no local de trabalho

A forma como o trabalho é feito está mudando. Uma área crescente de responsabilidade do RH é fazer parceria com CEOs e líderes de nível C para alcançar a combinação ideal de força de trabalho humana e automação para garantir um impacto positivo no futuro do trabalho.


03 - Melhorando a experiência do funcionário

A crescente complexidade da força de trabalho e o uso da tecnologia estão exigindo uma mudança na forma como o trabalho é vivenciado. O RH desempenha um papel vital na definição, medição e habilitação da experiência significativa do funcionário no 4IR.


04 - Construindo uma cultura de aprendizado ágil e personalizada

O RH desempenha um papel de liderança na promoção de uma cultura de aprendizagem ao longo da vida, no contexto da diminuição da procura de determinadas competências, o surgimento de novas e a exigência de talento para aprender, desaprender e reaprender continuamente.


05 - Estabelecendo Métricas para Valorizar o Capital Humano

O relacionamento mutuamente benéfico entre a força de trabalho, as organizações e a sociedade tornam essencial que o RH crie um argumento convincente para estabelecer medidas viáveis ​​e escaláveis ​​de capital humano como um fator-chave de desempenho e demonstre continuamente o impacto de seu trabalho.


06 - Incorporando Diversidade e Inclusão

As mudanças nas forças sociais, econômicas e políticas trazem uma oportunidade para as organizações avançarem profundamente na inclusão e na diversidade. O RH desempenha um papel fundamental na promoção de um senso de propósito e pertencimento na força de trabalho, e igualdade e prosperidade para as comunidades e regiões em que operam.


Estrutura para Ação

Os seis imperativos para a força de trabalho do futuro e as práticas de liderança associadas e funções de RH emergentes estão resumidos abaixo.


Desenvolvendo Novas Capacidades de Liderança para o 4IR

Práticas de Liderança Emergentes

· Abrace e explique a ambiguidade.

· Combine gestão operacional, integração de tecnologia e habilidades de gestão de pessoas.

· Use a cultura como a nova estrutura.

· Use a análise como uma ferramenta chave na organização distribuída.


Funções emergentes de RH

· Embaixador Cultural.

· Líder de RH Digital.


Gerenciando a Integração da Tecnologia na Força de Trabalho

Práticas de Liderança Emergentes

· Construir estratégias para reinvenção do trabalho, requalificação e redistribuição de talentos.

· Identificar caminhos de requalificação para talentos cujo trabalho está sendo transformado pela automação.

· Orquestre uma combinação de ações para lidar com o impacto da automação.

· Construir um ecossistema de talentos abrangendo modelos de trabalho alternativos e empregar diferentes métodos para encontrar as habilidades necessárias.


Funções emergentes de RH

· Head de Reinvenção e Requalificação do Trabalho.

· Chefe de Relevância e Propósito.


Melhorando a experiência do funcionário

Práticas de Liderança Emergentes

· Crie uma experiência de funcionário centrada no ser humano, holística e com propósito.

· Repense e invista no bem-estar dos funcionários.

· Alinhar a experiência do funcionário com o modelo operacional ágil.

· Use a tecnologia para engajar os funcionários.


Funções emergentes de RH

· Especialista em Experiência do Trabalhador.

· Monitor de bot.


Construindo uma cultura de aprendizado ágil e personalizada

Práticas de Liderança Emergentes

· Promover uma cultura de aprendizagem ao longo da vida e responsabilidade compartilhada.

· Envolva e gerencie proativamente os funcionários em cargos de risco.

· Desbloqueie o mix de aprendizado certo para a organização.

· Acompanhe e avalie as habilidades em sua organização.


Funções emergentes de RH

· Embaixador Cultural.


Estabelecendo Métricas para Valorizar o Capital Humano

Práticas de Liderança Emergentes

· Use novas tecnologias e dados para desenvolver novas métricas de capital humano.

· Use tecnologia e dados para impulsionar a tomada de decisões de negócios.

· Criar relatórios externos sobre o valor e o valor agregado pelo capital humano.

· Incluir todas as formas de capital humano nas métricas da organização.


Funções emergentes de RH

· Chefe de Insights.

· Cientista de Dados de RH.


Incorporando Diversidade e Inclusão

Práticas de Liderança Emergentes

· Gerencie proativamente a diversidade em alinhamento com o crescimento dos negócios.

· Incorporar D&I em etapas concretas na cultura e no processo.

· Use a análise de dados rigorosamente para medir a diversidade e avaliar a inclusão.

· Envolver-se com as partes interessadas e fontes de conhecimento além da organização.


Funções emergentes de RH

· Diretor de Diversidade e Inclusão.


Este artigo foi publicado pelo Fórum Econômico Mundial em dezembro de 2019 e foi reproduzido e traduzido com permissão. Para acessar a versão completa, faça o download do PDF aqui.


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo