top of page
Buscar
  • Foto do escritorDenizard Dennis

Diferença entre Porteiro, vigilante e vigia: Qual a função de cada um?


Descubra as diferenças entre porteiro, vigilante e vigia, conheça as funções de cada um e saiba como contratar o profissional adequado para sua empresa ou condomínio.


Quando se trata de segurança, existem diversas profissões que podem ser contratadas para garantir a proteção de um local. Entre elas, estão o porteiro, o vigilante e o vigia. Apesar de terem funções semelhantes, esses profissionais apresentam diferenças importantes. Neste artigo, vamos explicar cada uma dessas funções para que você saiba qual é o mais adequado para o seu estabelecimento.


Diferença entre Porteiro, vigilante e vigia:


Porteiro

O porteiro é responsável por controlar a entrada e saída de pessoas em um determinado local. Ele é o primeiro contato entre o visitante e o estabelecimento, sendo assim, deve estar apto a prestar informações básicas e orientar os visitantes da melhor maneira possível. Algumas das funções de um porteiro são:


Identificar e autorizar a entrada de visitantes;

Receber correspondências;

Anunciar a chegada de visitantes ou entregadores;

Manter a organização e segurança do local.


Vigilante

O vigilante é um profissional de segurança privada que tem a função de garantir a proteção patrimonial, de pessoas e do estabelecimento. Diferente do porteiro, o vigilante pode portar arma de fogo (quando autorizado) e tem um treinamento específico para lidar com situações de risco. Entre as funções de um vigilante, estão:


Patrulhar o local;

Fazer rondas;

Monitorar câmeras de segurança;

Controlar o acesso de pessoas e veículos;

Agir em caso de incidentes ou riscos iminentes.


Vigia

O vigia é um profissional que tem como função monitorar e zelar pelo patrimônio de um local durante a noite ou em períodos em que o estabelecimento está fechado. Geralmente, é responsável por garantir a segurança de um determinado local quando não há outros funcionários presentes. Algumas das funções de um vigia são:


Zelar pelo patrimônio durante a noite;

Verificar se todas as portas e janelas estão fechadas;

Monitorar possíveis atividades suspeitas;

Acionar a polícia em caso de risco iminente.

Como contratar o profissional adequado para sua empresa ou condomínio?


A escolha do profissional adequado para a segurança do seu estabelecimento deve levar em consideração as características e necessidades do local. Por isso, é importante saber as diferenças entre porteiro, vigilante e vigia. Abaixo, listamos algumas dicas para te ajudar na hora de contratar:


Para locais que recebem grande fluxo de pessoas, como shoppings e condomínios, o porteiro é o mais adequado;

Empresas que possuem patrimônio de alto valor ou que possuem grandes áreas a serem protegidas devem contratar um vigilante;

Para estabelecimentos que precisam de proteção durante a noite ou em períodos em que não há outros funcionários presentes, o vigia é a melhor opção.


Além disso, é importante buscar empresas que ofereçam profissionais capacitados e treinados para cada função. Certifique-se de que a empresa contratada possui todas as licenças e autorizações necessárias para a prestação de serviços de segurança privada.


FAQs:


Qual a diferença entre porteiro e vigia?

O porteiro é responsável por controlar a entrada e saída de pessoas em um local, enquanto o vigia é responsável por monitorar e zelar pelo patrimônio durante a noite ou em períodos em que o estabelecimento está fechado.


Quais as funções de um vigilante?

Entre as funções de um vigilante estão patrulhar o local, fazer rondas, monitorar câmeras de segurança, controlar o acesso de pessoas e veículos, e agir em caso de incidentes ou riscos iminentes.


O porteiro pode portar arma de fogo?

Não, o porteiro não pode portar arma de fogo, apenas o vigilante pode portar arma de fogo (quando autorizado).


Em resumo, as diferenças entre porteiro, vigilante e vigia são fundamentais para escolher o profissional adequado para a segurança do seu estabelecimento. O porteiro é responsável por controlar a entrada e saída de pessoas, o vigilante é responsável pela proteção patrimonial e o vigia é responsável por zelar pelo patrimônio durante a noite ou em períodos em que o estabelecimento está fechado.


Ao contratar um profissional de segurança privada, certifique-se de que a empresa contratada oferece profissionais capacitados e treinados para cada função, e que possui todas as licenças e autorizações necessárias. Dessa forma, você terá a garantia de que seu estabelecimento estará seguro e protegido.


Apresentamos o Grupo Perfect, uma empresa líder em terceirização de serviços de segurança e facilities em Belo Horizonte. Nós oferecemos serviços personalizados e de alta qualidade, adaptados às necessidades de cada cliente.

Nosso portfólio de serviços inclui segurança patrimonial, portaria e controle de acesso, limpeza e conservação, entre outros. Com mais de 29 anos de experiência no mercado, estamos comprometidos em fornecer soluções eficazes e confiáveis para proteger sua empresa, colaboradores e patrimônio.

Contamos com uma equipe altamente qualificada e treinada, equipamentos modernos e tecnologia de ponta para garantir a segurança e a tranquilidade que você precisa. Nossos profissionais são selecionados com rigor, passam por constantes treinamentos e contam com supervisão periódica para garantir a qualidade dos serviços prestados.

Entre em contato conosco e descubra como podemos ajudar sua empresa a ter mais segurança e eficiência em seus processos. Acesse nosso site www.grupoperfect.com.br e saiba mais sobre nossos serviços.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page