Buscar
  • Grupo Perfect

O que é liderança?



O que é liderança?

Por definição, liderança “é a capacidade de conduzir um grupo de indivíduos transformando-os em uma equipe que gere resultados”.

Todo líder tem o objetivo de produzir resultados através da sua equipe, más os líderes não “nascem feitos” e não existem pessoas predestinadas a serem líderes, embora alguns tipos de perfis comportamentais tenham mais destaque com relação a liderança, nada impede que todos os perfis possam ser desenvolvidos como líderes.

O líder “é um tipo de autoridade mais escolhida do que imposta”.

Quando falamos de líder e autoridades, estamos falando de intermediadores, de organizadores de processos produtivos.


A liderança de hoje parte de um princípio líquido onde os líderes têm cada vez mais que se adaptar às mudanças de comportamento e tendências de gerações em gerações, trazendo novas alternativas para que o processo de gestão, de motivação, de produtividade e engajamento, dialogue com essas novas gerações.

Temos que ter em mente que o papel do líder é descomplicar as situações, construindo e muitas vezes descontruindo ideias, criando alternativas para a transformação do clima organizacional e a gestão de pessoas.


É muito importante entender que para que exista uma relação profissional positiva e de ganho mútua, deve haver entendimento, empatia e sobretudo adaptação, e necessário compreender o comportamento das pessoas entendendo quais são as suas alegrias e suas angústias. Não adianta simplesmente delegar tarefas e esperar os resultados.

O líder de hoje pode até manter valores mais conservadores que trazem resultados, mas tem que estar sempre atento às evoluções do mercado e às novas necessidades dos clientes internos e extremos, seguindo uma linha de transformação constante, de compressão e principalmente uma linha de relações comportamentais.


Más antes de buscar qualquer transformação é preciso saber identificar qual é o seu perfil de liderança e entender quais comportamentos estimular e quais abandonar por completo.


TIPOS DE LIDERANÇA

Vários autores abordaram os estilos de liderança, a teoria de White e Lippitt (1939) existem três estilos de liderança: Autoritária (ou autocrática), Liberal e Democrática.

Vamos analisar a seguir os três estilos de liderança tradicionais e suas consequências.


Líder autocrático

Determina diretrizes sem a participação do grupo, além de determinar as técnicas para a execução das tarefas. É ele também que indica qual a tarefa de cada um dos colaboradores e quem será o companheiro de trabalho de cada um. É inflexível e dominador, causando mal-estar organizacional. Tem postura essencialmente diretiva, dando instruções sólidas, e não deixa espaço para criatividade dos liderados. Este líder, nos elogios ou nas críticas que faz, dirige-se diretamente aos colaboradores, nominando publicamente os eventuais autores de faltas cometidas e/ou de atos dignos de elogios. As consequências desta liderança estão relacionadas com a ausência de espontaneidade e de iniciativa, e pela inexistência de qualquer amizade no grupo. O trabalho só se desenvolve na presença do líder, visto que, quando este se ausenta, o grupo produz pouco e tende a indisciplinar-se. É o estilo que produz maior quantidade de trabalho (FACHADA, 2003).


Líder Liberal

O líder não se impõe e não é respeitado. Os liderados têm total liberdade para tomar decisões, quase sem consulta ao líder. Não há grande investimento na função, havendo participações mínimas e limitadas por parte do líder. O grupo é que decide sobre a divisão das tarefas e sobre quem trabalha com quem. Os elementos do grupo tendem a pensar que podem agir livremente, tendo também desejo de abandonar o grupo. O líder não regula e nem avalia o grupo, e faz alguns comentários irregulares sobre as atividades apenas quando questionado. A produção não é satisfatória, visto que se perde muito tempo com discussões e questões pessoais. Este é frequentemente considerado o pior estilo de liderança (FACHADA, 2003).


Líder Democrático

O Líder assiste e instiga o debate entre todos os colaboradores. É o grupo que esboça as providências e técnicas para atingir os objetivos e todos participam nas decisões. Cada membro do grupo decide com quem trabalhará e o próprio grupo que decide sobre a divisão das tarefas. O líder procura ser um membro igual aos outros elementos do grupo, não se encarregando muito de tarefas. É objetivo, e quando critica limita-se aos fatos. Este tipo de liderança promove o bom relacionamento e a amizade entre o grupo, tendo como consequência um ritmo de trabalho suave, seguro e de qualidade, mesmo na ausência do líder. O comportamento deste líder é de orientação e de apoio. É o estilo que produz maior qualidade de trabalho (FACHADA, 2003). Percebe-se que a liderança autocrática evidencia o líder, enquanto a liderança liberal evidencia os subordinados e a liderança democrática evidencia tanto no líder como nos subordinados. Líderes influenciam liderados e liderados também influenciam seus líderes, portanto deve-se lembrar de que o relacionamento entre os membros da equipe pode também interferir no estilo que o líder adotará. Sendo assim, cabe a cada líder escolher qual o estilo mais se adapta às suas características e situações para que os objetivos sejam alcançados rapidamente, visto que quando existe uma equipe, a meta é alcançada com o esforço de todos, tanto líderes quanto liderados.


É sempre bom ter em mente que não existe uma receita para a liderança ideal e os líderes devem se adaptar para obterem o melhor resultado possível.

A liderança deve ser uma via de mão dupla onde os líderes influenciam os liderados e vice-versa.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo