Buscar
  • Grupo Perfect

Como fazer a gestão de funcionários terceirizados?



A contratação de serviços terceirizados é uma excelente estratégia para a sua empresa, afinal através dela a sua empresa tem acesso a serviços especializados e com custos reduzidos.

Mas como gerenciar os funcionários terceirizados? A gestão dos funcionários terceirizados ficam a cargo do contratante e para aproveitar ao máximo esse modelo de contratação, é necessário adotar uma estratégia de gestão tanto para o acompanhamento do trabalho executado quanto para a organização das relações trabalhistas.

A empresa deve estar preparada para receber esse tipo de colaborador. Pensando nisso preparamos um guia com tudo o que você precisa saber sobre como fazer a gestão de funcionários terceirizados.


Organize os treinamentos

Como a responsabilidade trabalhista dos terceirizados é da empresa que você contratou, é importante saber lidar com as limitações previstas em lei. Nesse caso, é necessário montar turmas exclusivas para os prestadores de serviços. É também importante zelar para que não haja nenhum tipo de subordinação nesse processo. Dessa forma, o treinamento deve ser planejado e executado em parceria com a empresa prestadora de serviços.

Mas não deixe de executar esses treinamentos! Afinal, o seu negócio possui estratégias e objetivos de mercado específicos e, portanto, é necessário seguir um modelo de trabalho próprio para que possa alcançá-los. Assim, é necessário passar aos terceirizados essas políticas corporativas.


Reforce a integração

Para uma performance satisfatória dos terceirizados, é importante que eles conheçam os objetivos da empresa, bem como os produtos e os serviços. Dessa forma, podem entender como o trabalho deles pode somar para o desenvolvimento do negócio.

Além disso, saberão quais são as expectativas da empresa contratante em relação ao trabalho deles. Outro ponto importante é saber como integrá-los em sua equipe — lembre-se que os seus colaboradores também se relacionarão com os terceirizados e a atuação conjunta deles é essencial para o sucesso das suas estratégias! Leia nosso artigo com dicas de como integrar a equipe terceirizada e os funcionários.


Valorização e reconhecimento dos colaboradores

Ao reconhecer um trabalho bem realizado, você incentiva o engajamento e também a construção de relações de confiança, como devem ser as parcerias de trabalho. Afinal, reconhecimento e valorização também são práticas que influenciam a produtividade dos trabalhadores terceirizados.

Por isso, é importante reconhecer o desempenho deles quando os objetivos forem conquistados. Portanto, desenvolva mecanismos de reconhecimento por metas alcançadas, premie bons resultados e estimule a continuidade do bom trabalho. Esse tipo de política deve ser adotada para todos os colaboradores —até para não criar mal estar entre eles.


Cuidado com a subordinação

O êxito da terceirização de serviços está fortemente ligado à gestão. Por isso, é importante supervisionar, apoiar e monitorar os resultados das equipes terceirizadas. No entanto, é fundamental ficar atento às questões de subordinação. Essa é uma das maiores causas de reclamações trabalhistas no Brasil.

Como o profissional terceirizado não é subordinado direto, essa é uma relação de trabalho diferente e deve ser vista como uma parceria. Caso contrário, o funcionário terceirizado pode reclamar na justiça o vínculo empregatício com a contratante. Portanto, é essencial adotar uma gestão harmoniosa e produtiva entre os colaboradores da empresa e os terceirizados.

Dessa forma, você conseguirá um melhor desempenho por parte deles, criará uma relação trabalhista proveitosa e duradoura e, ainda, evitará possíveis processos judiciais e prejuízos para o seu caixa.


Monitore as horas dos funcionários terceirizados

Seja contratado pela CLT ou como prestador de serviço, todo profissional representa um investimento para a empresa. Por isso, é importante monitorar os funcionários terceirizados e avaliar o investimento. Tudo isso com o objetivo de identificar o retorno para a sua organização.

Questões como quantas horas extras o terceirizado fez na última semana, quantas horas ele tem efetivamente trabalhado por dia, quantidade de faltas , tudo isso deve ser monitorado. Afinal, isso pode significar um aumento de custo para a empresa ou, até mesmo, acarretar processos e multas por descumprimento de obrigações trabalhistas.

Agora que você já sabe como fazer a gestão de funcionários terceirizados, que tal conversar com um especialista? Clique aqui, temos um especialista sempre a sua disposição.

11 visualizações0 comentário