Para que tenham sucesso em seu mercado de atuação empresas precisam lançar mão de conhecimentos e estratégias eficientes, que estejam de acordo com o seu modelo de negócios, para que assim tenham a oportunidade de se destacar perante seus clientes e ter uma performance melhor do que a de seus concorrentes.

Não é a toa que a todo momento enxerga-se a necessidade de realizar planejamentos estratégicos, por exemplo, pois eles conseguem direcionar melhor as ações empresariais, no sentido de que as empresas compreendam o cenário atual em que se encontram e o que precisam fazer para se direcionar ao cenário desejado em um curto espaço de tempo.

Além do planejamento, existe outra estratégia que também pode ser utilizada por algumas empresas para terem uma performance de cada vez mais excelência no mercado. Estou falando da terceirização de mão de obra.

Convido você a me acompanhar na leitura deste poderoso conteúdo e entender melhor o que é e como funciona este processo.

O que é mão de obra terceirizada?

A terceirização, também chamada de outsourcing é, sem dúvida, um dos recursos mais adotados por empresas e grandes corporações, não só no Brasil como no mundo.

Este modelo de serviço tem sido utilizado como uma maneira de maximizar resultados de empresas e organizações, além de ser uma alternativa para minimizar gastos e despesas com encargos trabalhistas.

A mão de obra terceirizada nada mais é do que delegar responsabilidades de uma determinada empresa a terceiros, ou seja, é quando uma organização contrata os serviços de outras companhias para realizar alguma atividade sem que ela tenha nenhuma relação ou vínculo.

O principal objetivo deste tipo de negócio é terceirizar atividades secundárias para que as organizações possam focar e concentrar todos os seus esforços nos serviços mais importantes que ela disponibiliza ao mercado.

Um dos cuidados essenciais que se deve ter ao contratar este tipo de serviço é na escolha da empresa parceira. Isso porque qualquer erro cometido por ela pode se voltar contra a sua empresa. Por isso, é importante avaliar as opções de fornecedores, além de verificar e comparar referências no mercado antes de fechar negócio.

Como funciona a terceirização de mão de obra?

Para que você possa entender de forma mais detalhada a terceirização de mão de obra, vou te mostrar como ela funciona e de que maneira pode ser adotada por empresas que queiram tornar seus processos cada vez mais eficientes.

Um dos exemplos mais comuns que observamos no mercado são os mais diversos tipos de organizações, principalmente as de grande porte, contratando empresas terceirizadas para realizarem serviços de limpeza em seus estabelecimentos, de segurança, administrativos, transporte e muitos outros.

Muitas delas fazem isso, pois trata-se de um prática que não se caracteriza como um emprego formal, ou seja, em que o empregador precisa arcar com custos e tributos determinados na Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT, já que quem tem esta responsabilidade é justamente a empresa terceirizada que é contratada.

Dessa maneira, caso você queira contratar uma empresa terceirizada, o seu custo vai ser o de que pagar pelo pacote de serviços que ela está lhe oferecendo e nada mais que isso.

Benefícios da terceirização da mão de obra

Agora que entendemos como se dá o processo de terceirização, convido você a conferir alguns dos muitos benefícios que a mão de obra terceirizada oferece às empresas.

Priorização

A partir do momento que se opta pela terceirização, é possível que a empresa que contrata passe a focar mais e melhor naquilo que é prioridade que verdadeiramente trará um retorno maior a todos, ou seja, tanto aos negócios, quanto aos colaboradores.

Espaço físico

Outro ganho que se tem com a terceirização é que ao optar por ela as empresas podem acabar ficando com alguns espaços ociosos, o que lhe dá maior liberdade de atuação em sua estrutura, podendo, assim, aproveitar melhor estes locais, justamente para priorizar as atividades que verdadeiramente trarão resultados aos negócios.

Vínculo empregatício

Conforme eu disse acima, a terceirização não configura vínculo empregatício entre a empresa que contrata e a prestadora de servicos. O que acontece é que cada uma se responsabiliza por seus colaboradores e precisa cumprir com as determinações regidas em contrato.

Substituição

Em caso de terceirização a substituição de um profissional que não está tendo um bom desempenho ocorre de forma muito mais rápida, ao contrário do que acontece no modelo de produção tradicional, em que este processo demanda muito mais tempo e despesas, já que é preciso fazer readequações ou até mesmo novas contratações.

Hierarquia

Algo que diminui bastante também com a adoção de mão de obra terceirizada são os níveis hierárquicos de uma empresa. Isso acontece porque há uma diminuição do quadro de funcionários da organização, o que lhe permite tomar decisões de forma muito mais acelerada e assertiva, bem como desenvolver uma comunicação verdadeiramente eficaz entre suas áreas.

Qualificação

Com os serviços secundários da empresa sendo terceirizados, há, como eu disse acima, uma redução de seu quadro de funcionários, o que lhe permite implementar melhorias focadas para o treinamento e desenvolvimento destes profissionais. Assim, melhora também a qualificação destes, de uma forma geral, o que contribui para que a organização tenha um diferencial competitivo no mercado perante seus clientes.

Redução de custos

Tudo isso que compartilhei acima leva ao principal ponto e benefício da terceirização de mão de obra que é a considerável redução de custos que acontece ao adotá-la. Despesas trabalhistas, com estrutura física, com substituição de profissionais, com colaboradores, entre diversos outros que as empresas que optam pelo modelo de produção tradicional têm, são reduzidos, pois estas deixam de ser uma preocupação e deixam de pesar no bolso.

Além de todas estas vantagens e benefícios, seguem mais alguns que podem ser considerados caso você esteja pensando na terceirização para otimizar os processos internos e externos de sua empresa e de seus negócios:

  • Mais rapidez aos processos internos;

  • Simplificação dos processos organizacionais;

  • Melhora na gestão empresarial;

  • Aumento da produtividade;

  • Melhora na qualidade dos serviços prestados;

  • Potencialização dos resultados organizacionais

Defina as melhores estratégias para adotar na gestão de sua empresa!

Dicas para uma terceirização de mão de obra eficiente

Para você que chegou até este ponto do texto e considera adotar a terceirização em sua organização, confira algumas dicas importantes para que esta seja verdadeiramente eficaz e assertiva:

  • Avalie bem referências e trabalhos já realizados antes de contratar uma empresa terceirizada;

  • Identifique de maneira precisa quais atividades ou setores que realmente necessitam ser passados a terceiros;

  • Alinhe bem seus objetivos e necessidades com a empresa contratante, para que não haja falha na comunicação;

  • Defina prazos e metas e seja rigoroso quanto a isso;

  • Acompanhe e avalie a performance da equipe terceirizada continuamente, seja responsável pela aprovação, mudanças, aplicação etc;

  • Mensure os resultados da empresa terceirizada e avalie se os serviços realmente valerão a pena;

  • Mantenha um bom relacionamento com seus parceiros, isso evita problemas futuros e possíveis erros.

Antes de finalizar, acredito ser importante dizer que a terceirização de mão de obra não necessariamente se aplica a todo e qualquer tipo de empresa. Para que você faça uma escolha mais consciente, é preciso analisar o contexto de uma organização como um todo, de seu modelo de negócio, entre muitos outros fatores, que lhe permitirão ter uma visão mais clara sobre a adoção desta possibilidade ou não.

Faça primeiro um levantamento de dados e informações precisas, para que assim a sua decisão seja realmente assertiva.


Compartilhe

deixe seu comentário

Nome*
COMENTÁRIO*
Enviar Mensagem